fbpx

Dúvidas sobre queda excessiva de cabelos (Eflúvio telógeno)

1. Eflúvio telógeno: o que é isso?

Eflúvio telógeno nada mais é do que o sinônimo de queda excessiva dos cabelos.

2. A queda de cabelos é comum?

Sim. A queda de cabelos é parte natural do ciclo de vida dos cabelos, que consiste em fases de crescimento (denominada fase anágena e tem duração de 2 a 4 anos, podendo durar até 8 anos), repouso (também chamada de fase catágena, tem duração média de 3 semanas) e queda (constitui a fase telógena, que tem duração de 3 a 4 meses).

3. Qual é a média de crescimento do comprimento dos cabelos?

Os fios dos cabelos crescem em média 1 mm a cada 3 dias, atingindo, portanto, aproximadamente 1 cm por mês.

4. Quantos fios de cabelos podem cair por dia normalmente?

Em média, espera-se que ocorra uma queda aproximada de 100 fios de cabelos por dia. Um número superior a esse deve ser investigado.

5. Quais as possíveis causas do eflúvio telógeno?

A queda excessiva dos cabelos pode ter as seguintes causas:

  1. Post partum: relacionado a alterações hormonais que ocorrem no corpo da mulher após o parto ou no final da gestação. Pode durar meses.
  2. Uso de contraceptivos orais: normalmente ocorre devido aos progestágenos (um tipo de hormônio comumente encontrado nas pílulas) ou devido à interrupção do uso das pílulas.
  3. Dietas para emagrecer: devido à carência alimentar ou drogas associadas para emagrecer.
  4. Deficiência de proteínas no organismo: também observada nos regimes para emagrecer, má – nutrição, doenças gastrintestinais e glomerulonefrites (uma doença dos rins).
  5. Deficiência de zinco no organismo.
  6. Estresse prolongado.
  7. Doenças (exemplo: lúpus eritematoso sistêmico, anemias, etc.).

 6. Como se manifesta o eflúvio telógeno?

A queixa principal do paciente é a de queda acentuada dos cabelos. Normalmente, não se observa alterações significativas no couro cabeludo, apenas, às vezes, uma seborréia discreta e/ou coceira.  Além disso, pode-se notar a perda fácil de fios de cabelos por meio de manobras simples com a prova da tração leve (saída de mais de 5 fios telógenos à tração leve) e da tração forte (em que os fios de cabelo, (em torno de 50 – 100) após a tração forte,  serão analisados; se encontrar uma fração igual ou superior à 20%, trata-se de um caso de eflúvio telógeno).

7. Quais os exames complementares que podem ser solicitados para ajudar a descobrir a causa do eflúvio telógeno?

Podem ser solicitados alguns exames, dentre eles: hemograma, dosagem de ferro sérico e ferritina, βHCG, cortisol, TSH, sorologia para a sífilis, entre outros.

8. Qual é o tratamento do eflúvio telógeno?

Em primeiro lugar, deve-se tentar descobrir a causa e tratá-la. Deve-se modificar a dieta, aumentando o aporte de proteínas, ferro, zinco e vitaminas, caso a mesma esteja inadequada. Procurar viver em ambientes com menos tensão e/ou tentar controlar o estado tensional, caso existente. Consulte sempre seu médico.

Fonte: Boa Saúde (https://www.boasaude.com.br/folhetos-de-saude/5753/queda-excessiva-de-cabelos-efluvio-telogeno.html)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima